Bem Vindo a Smile Clínica Odontológica!

Telefone: : (031) 3222.5696 / (031) 99336-5696

Botox e Preenchimento facial

Para fins terapêuticos, o Botox pode ser aplicado por dentistas. Tire suas dúvidas sobre a aplicação de Botox na odontologia, e curiosidades gerais sobre o Botox.

O que é a toxina botulínica, nome comercial BOTOX OU DYSPORT?

O Botox é a toxina produzida pela bactéria Clostridium Botulinum. A substância é famosa por ser utilizada com sucesso na correção de rugas dinâmicas, aquelas que aparecem quando realizamos movimentos mímicos. O nome comercial BOTOX é o mais comum pois foi a primeira toxina botulínica produzida. Hoje, no Brasil, existem outras marcas comerciais como DYSPORT, PROSIGNE e XEOMIN, tão eficazes quanto o BOTOX.

Quais as indicações da toxina botulínica (BOTOX ou DYSPORT) na odontologia?

Poucas pessoas sabem que a toxina botulínica tem uma importante indicação terapêutica no tratamento de doenças causadas pelo excesso de contração dos músculos mastigatórios (apertamento dental e bruxismo), assimetrias faciais (sorriso “torto”), hipertrofia do músculo masseter e disfunção das articulações temporomandibulares associados ou não a dores faciais. Na odontologia o Botox pode ser utilizado com sucesso para correção do “sorriso gengival”, que se caracteriza pela elevação acentuada do lábio superior ao sorrir, mostrando uma faixa de gengiva grande e tornando o sorriso antiestético.

Pode ser utilizada na reabilitação com implantes em carga imediata, cefaleias tencionais relacionadas a músculos da mastigação. Sialorreia (formação excessiva de saliva).

Como age a toxina botulínica (BOTOX ou DYSPORT)?

Quando injetada nos músculos, a toxina botulínica bloqueia a liberação da acetilcolina, uma substância neurotransmissora responsável por promover a contração muscular. Uma vez paralisado o músculo, ocorre seu relaxamento e, consequentemente, a atenuação das rugas e diminuição da dor.

As aplicações são doloridas?

Em hipótese alguma! Como as agulhas utilizadas são extremamente finas (iguais às de insulina), não ocorre dor, apenas um ligeiro incômodo, e a maioria dos pacientes relata que a “picadinha” é absolutamente suportável, sendo que alguns nem manifestam dor. Para as pessoas mais sensíveis, pode-se lançar mão de um creme anestésico tópico, que deve ser aplicado de 30 a 60 minutos antes.

Após quanto tempo começam a aparecer os efeitos estéticos e terapêuticos da toxina botulínica?

O efeito começa a ser percebido entre 48 e 72 horas após as aplicações e tem o pico máximo após 15 dias, quando estabiliza. Recomenda-se sempre agendar o paciente após 15 dias da primeira aplicação para verificar a necessidade de eventuais “retoques” estéticos.

Quanto tempo dura o efeito da toxina botulínica?

O efeito do tratamento varia de pessoa para pessoa, e até em uma mesma pessoa, dependendo do músculo paralisado. Em músculos potentes e com muita atividade a durabilidade do efeito é pequena (1 a 6 meses). Uma vez finalizado o efeito, pode-se aplicar novamente a toxina. A continuidade do tratamento ao longo dos anos faz com que a duração do efeito seja maior.

A exposição ao sol atrapalha?

Não há evidências de que os raios solares interfiram no tratamento com a toxina botulínica. No entanto, lembre-se de que o sol é o principal responsável pelo envelhecimento cutâneo, evite-o ao máximo.

Em quais casos a toxina botulínica está contra-indicada?

A aplicação de toxina botulínica está contraindicada em pacientes gestantes e que estejam em fase de amamentação. Outra contraindicação importante é nos casos de portadores de doenças que afetam os músculos como, por exemplo, a esclerose lateral amiotrófica.

A toxina botulínica provoca algum efeito colateral?

A toxina botulínica é segura e eficaz, porém, após as aplicações, podem ocorrer efeitos colaterais transitórios como dor de cabeça, náusea, diplopia, xerostomia (diminuição das secreções lacrimal e salivar), pequenos hematomas e ptose palpebral (abaixamento da pálpebra superior). Não se conhecem reações alérgicas às toxinas, porém não devem ser aplicadas em pacientes alérgicos à albumina (proteína do ovo), pois ela está presente na composição da maioria das marcas comerciais de toxina.

Preenchimento facial?

O Preenchimento é realizado com Ácido Hialurôniuco. Essa substância é produzida, naturalmente, pelo nosso organismo e está presente, pricipalmente na pele.

Tem como função, reter água, conferindo hidratação e volume. Com o passar do tempo e o processo natural de envelhecimento, o ácido hialurônico se  degrada e o organismo diminui sua capacidade de produção.

O preenchimento consiste em um procedimento, que se aplica sob a pele, em depressões diminuindo a profundidade dessas, com o objetivo de restaurar o contorno e o volume do rosto. Melhorando, assim, o aspecto da região tratada, suavizando os sulcos da face e harmonizando os lábios.

DentistaseBotox_ReproduçãoInternet